Além de gênero, número e grau.

Entrevista com Bia, skatista que começou a andar de skate após os 48 anos. Na pista do Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro. Matéria: Diogo Souza Jr. Produção: Visio Filmes.

8 Comments

    • Gisele

      Olá Divas Skateras!
      O site deu uma dica importante à evolução de todo o ser humano: tratar a vida como uma grande escola, rica em aprendizados.
      Não importa a idade…o importante é se sentir bem com o que gosta,curte e se faz! Parabéns menina Linda pela postagem da Bia skaitista…Além de gênero, número e grau. Bjosss;)

    • Nós da Visio Filmes esperamos que este vídeo sirva de exemplo a todos! Skate não tem hora nem data marcada pra acontecer… Quem quer mesmo e deseja isso corre atrás a qualquer momento. Então não fique esperando, vá atrás dos seus sonhos!

      Skate Sempre!

      Abraço,

      Diogo Souza Jr.
      Produtor Audiovisual

  1. Grey Garia

    Skate com Orgulho, Skate com Respeito, Skate com Humildade, Skate com Amor. Me pego pensando como “reclamo” as vezes por não conseguir acertar uma manobra, fico irritada por não me sair bem, mas quando vejo que pro skate não tem idade me sinto orgulhosa, que somos guerreiras e podemos sim andar de skate!

  2. Lua nunes

    Acheii mto legal essa materia concerteza nunca é tarde pra aprender parabéns pra essa mulher que vivi e vivi mto beem eu realmente espero que ela passe por tdos os preconceitos sorrindo e mostrando que o skate ele faz bem e que não pode ser olhado de qualquer forma pra isso ai tem as DiVas e miuitas minas representando

Deixe um comentário