Conheçam as Bowlrider Girls

O bowl é uma das modalidades mais antigas do skate, não esquecendo também do banks e do vertical. Essas três modalidades são as mais comuns entre os Old Schools do skateboard. Em lugares como Florianópolis (SC) e Califórnia (CA), há uma cena forte de meninas que já praticam estas modalidades.

Em vários lugares, a maior parte do skate feminino é voltada para o street. No Rio de Janeiro, não era muito diferente. Encontrar meninas encarando a altura de um bowl, era extremamente raro.

Já havia algum tempo em que a skatista profissional Bia Sodré estava se dedicando bastante à modalidade. A carioca foi em busca de campeonatos de bowl, banks e vertical, e conseguiu ótimas colocações: venceu os campeonatos“The Number One Of RTMF 2012” em Florianópolis e o “Bio Energy Feminino” em São Paulo, e ficou em 3º lugar na 1ª etapa do circuito mundial “Maresia VertJam” no Rio de Janeiro.

Em maio de 2013, a união de algumas bowlriders do Rio de Janeiro, fizeram surgir as Bowlrider Girls. Em apenas 1 mês, a equipe tomou uma proporção que realmente não imaginávamos. Recebemos mensagens de meninas e old schools de vários países e estados diferentes, desejando total apoio á equipe.

Com a ajuda do nosso fotógrafo Júlio “Tio Verde” e do nosso videomaker Marcelo Arteiro, estamos sempre fazendo tours, sessões e gravações para mostrar um pouco de nós e inspirar outras meninas.

As Bowlrider Girls surgiram com a intenção de buscar o maior apoio para o esporte feminino, sendo também uma forma de inspiração para o surgimento de novas bowlriders.

Gabriela Saes, Manoela Baltazar, Rhuana Correa, Ariane Rodrigues, Bia Sodré e Vitória Mendonça formam as Bowlrider Girls, a primeira e única equipe feminina de bowlriders do Rio de Janeiro.

[flagallery gid=5]

Texto: Gabriela Saes
Fotos: Júlio Tio Verde, Adriana Brito e Renato Alvarenga

Sigam as Bowlrider Girls no TwitterFacebook e Instagram.

Deixe um comentário